Biografia de Princesa Isabel

Princesa Isabel é filha de D. Pedro II, foi regente do Brasil Império, e foi ela que assinou a Lei do Ventre Livre e a Lei Áurea, que aboliu a escravidão no Brasil, Isabel foi a última princesa do Império no país.

Biografia Resumida de Princesa Isabel

Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e Bourbon nasceu no dia 29 de julho de 1846, no Palácio São Cristóvão, no Rio de Janeiro. Ela é filha do imperador D. Pedro II e da Imperatriz Tereza Cristina.

Infância

Quando tinha apenas 4 anos de idade ela foi declarada princesa imperial e herdeira do trono, logo depois da morte dos seus irmãos Afonso e Pedro, a sua irmã mais nova chamada Leopoldina foi sua grande amiga e companheira.

Para a educação de Princesa Isabel e Princesa Leopoldina, D. Pedro II instituiu como sua primeira preceptora a Condessa de Barral. Para elaborar o programa de estudos, ele contratou vários mestres, e um deles foi o Visconde de Pedra Branca.

Princesa Isabel tinha um grande interesse e gostava de estudar, e com isso, ela viveu a sua juventude estudando latim, literatura, alemão, inglês, mitologia, matemática, botânica e leitura dos evangelhos.

Quando a Princesa Isabel tinha 14 anos de idade prestou o juramento obedecendo a Constituição de manter a religião católica, observar a constituição política do país e ser obediente às leis e ao imperador.

Casamento

Em 1960 foi o início das pesquisar para contratar o casamento da Princesa Isabel com um príncipe europeu. E em outubro de 1864 foi realizado o casamento da Princesa Isabel com o príncipe Gastão de Orléans, filho de Luís de Orléans e neto do rei Luís Filipe da França.

O casal morou no bairro carioca das Laranjeiras, atualmente Palácio Guanabara na cidade de Petrópolis. Em 1871, de acordo com a Constituição Brasileira de 1824, ao completar 25 anos de idade Princesa Isabel se tornou a primeira senadora do Brasil.

Nesse mesmo ano, D. Pedro II viajou para a Europa e foi a Princesa Isabel quem assumiu a regência. No dia 28 de setembro de 1871 ela assinou a Lei do Ventre Livre, no qual libertava os filhos que nasceram de mãe escrava.

Biografia de Princesa Isabel

Lei Áurea

Em 1876 quando D. Pedro II vai nos Estados Unidos, a Princesa Isabel assumiu novamente a regência. Nesse tempo a campanha abolicionista tinha o apoio de muitos setores da sociedade e o fim da escravidão era uma necessidade.

Foi então que a Princesa Isabel se aliou aos movimentos populares e aos partidários da abolição da escravatura, e em 1887 ela aceitou a renúncia do gabinete escravocrata do Barão de Cotegipe e nomeou o conselheiro João Alfredo a primeiro ministro.

No dia 13 de maio de 1888, a regente Princesa Isabel assinou a Lei Áurea, que fala o seguinte: A partir desta data ficam libertos todos os escravos do Brasil, e com isso ela foi chamada de Redentora.

Filhos

Depois de onze anos casada, no dia 15 de outubro de 1875 nasceu o primeiro filho do casal, Pedro de Alcântara, Príncipe do Grão-Pará. Já no dia 26 de janeiro de 1878 nasceu o segundo filho, D. Luís Maria Filipe. O seu terceiro filho nasceu dia 9 de agosto de 1881 D. Antônio Gastão Francisco. Princesa Isabel faleceu em 1921 na França.

Leave a Reply