Biografia de Luiz Gonzaga

Luiz Gonzaga foi um grande cantor, sanfoneiro e compositor brasileiro, ele foi um dos músicos que conseguiu a valorização dos ritmos nordestinos, espalhando assim por todo o país. Luiz recebeu o título de Rei do Baião.

Infância e juventude

Luiz Gonzaga nasceu no dia 13 de dezembro de 1912, em Exu, no Sertão de Pernambuco. Ele é filho de Ana Batista de Jesus e do sanfoneiro de oito baixos Januário José dos Santos, e tem sete irmãos.

Luiz Gonzaga desde pequeno já ajudava o seu pai na enxada, só que preferir ver o seu pai tocar sanfona. Logo cedo Luiz aprendeu a tocar sanfona e começou a se apresentar em festas pequenas da região.

Ele cresceu ajudando o seu pai na roça e tocando sanfona, e também fazia serviços pequenos para alguns fazendeiros da região. Luiz aprendeu a ler, falar corretamente e escrever com as filhas do Coronel Manuel Aires de Alencar.

Com 13 anos de idade, ele tinha juntando um pouco de dinheiro e pegou um pouco emprestado com o coronel e comprou a sua primeira sanfona. Luiz ganhou o seu primeiro dinheiro tocando em um casamento.

Biografia Resumida de Luiz Gonzaga

Quando tinha 17 anos de idade Luiz fugiu para o mato por conta de um namoro proibido pela família da menina e porque apanhou da sua mãe. Luiz também já fugiu para uma festa no Crato no Ceará.

Luiz vendeu a sua sanfona e viajou para Fortaleza para fazer parte do Exército para ter uma vida melhor, com a Revolução de 30 ele viajou pelo país, ele era o corneteiro da tropa, e no ano de 1933 ele não entrou para a orquestra do quartel, porque não sabia a escala musical.

Luiz Gonzaga então decidi mandar fazer outra sanfona e passa a ter aulas com Domingos Ambrósio, que era um conhecido sanfoneiro de Minas Gerais. Ele então vai para a cidade de Ouro Fino e toca em um clube pela primeira vez.

Biografia de Luiz Gonzaga

Rio de Janeiro

Luiz Gonzaga passou nove anos sem dar nenhuma notícia à sua família, e em 1939 ele saiu do exército. Luiz esperava o navio para voltar para Pernambuco, enquanto esperava no Rio de Janeiro um soldado sugeriu para que ele ganhasse dinheiro tocando na cidade.

Logo Luiz Gonzaga estava tocando em vários lugares do Rio de Janeiro, e foi convidado para tocar nos cabarés da Lapa. Nessa época ele participou de um programa de calouros, porém não conseguiu ganhar pois a sua nota não passava de três.

Depois de um tempo Luiz participou do programa e tocou Vira e Mexe, nesse dia ele ganhou nota cinco e ficou em primeiro lugar ganhando o prêmio. Luiz foi convidado por Ernesto Morais o diretor artístico da RCA para gravar um disco.

E no ano de 1941 Luiz gravou dois discos como solista de sanfona. Ao longo de cinco anos, ele gravou em torno de setenta músicas. Em 1945 ele gravou o seu primeiro disco como sanfoneiro e cantor e fez uma parceria com Miguel Lima, que fazia as letras das suas músicas.

Luiz estava procurando um parceiro nordestino para a música, e encontrou o advogado Humberto Teixeira, juntos eles fizeram uma parceria que durou cinco anos, e lançaram muitas músicas de sucesso como “Asa Branca”, “Kalu”, “Paraíba”, “Baião”, e outras.

Depois de muito tempo, Luiz Gonzaga voltou para a sua cidade natal, se apresentou em vários programas de rádio e no ano de 1949 ele levou a sua família para residir no Rio de Janeiro.

Família

Luiz Gonzaga já foi casado com Helena das Neves uma cantora, juntos eles criaram Rosa Gonzaga. Eles largaram, e depois de um tempo ele teve um relacionamento com Odaléia Guedes dos Santos, e juntos eles já tinham um filho o Luiz Gonzaga do Nascimento Filho conhecido como Gonzaguinha.

Curiosidades

  • Luiz Gonzaga tinha um rosto bem redondo, e por isso ganhou o apelido de Lua;

Morte

Luiz Gonzaga faleceu no dia 2 de agosto de 1989 em Recife, por causa de uma parada cardíaca.

Leave a Reply