Biografia de Benito Mussolini

Benito Mussolini foi um político da Itália, ele foi líder do Partido Fascista que foi criado em 1919 no final da Primeira Guerra Mundial. Além disso Benito também foi professor e jornalista.

Biografia Resumida de Benito Mussolini

Benito Amilcare Andrea Mussolini nasceu no dia 29 de julho de 1883 em Dovia de Predappio na Itália, ele é filho de Rosa Maltoni uma professora e Alessandro Mussolini um ferreiro e socialista.  Em 1901 Benito se formou para professor, e atuou na área dando aula para o primário, só que ele tinha interesse mesmo era na revolução.

Fugindo do serviço militar, ele foi morar na Suíça, porém as suas atividades esquerdistas fez que ele fosse expulso do país. Com isso ele esteve em Trento, sob o domínio austríaco, mas foi preso e expulso novamente.

Naquela época, as suas leituras filosóficas, principalmente as de Nietzsche, tinham firmada a sua ideia e crença que a violência era a principal forma para a transformação da sociedade.

Socialista, comunista e fascista

Mussolini foi secretário do Partido Socialista em Forli, e passou a editar o jornal La Lotta di Classe. Logo depois de ser líder do movimento operário contra a guerra turco-italiana, ele foi condenado sendo preso durante cinco meses.

Mussolini foi redator do jornal socialista Avanti durante dois anos, mas ficou contra algumas posições que o jornal defendia. Com isso, ele fundou o seu jornal chamado Popolo d’Itália. Começou a pregar a entrada da Itália na primeira guerra, junto da Tríplice Entente, ele foi expulso do partido socialista.

Ele formou o Grupo de Ação Revolucionário, e em 1915 ele foi preso novamente. No ano de 1916 quando a Itália declarou guerra contra à Áustria, Benito Mussolini foi convocado, e se alistou no exército, ele até recebeu a patente de sargento, só que em 1917 ele foi ferido gravemente.

Biografia de Benito Mussolini

Ditadura fascista

Em 1925 foi instalado a ditadura fascista na Itália, Mussolini se definia como antiparlamentarista, reacionário, antiliberal, antissocialista e antidemocrático. Depois de sofrer um atentado, ele fechou os jornais de oposição, acabou com os demais partidos e perseguiu os líderes.

Ele refez a pena de morte e criou tribunais especiais, que eram integrados por membros da milícia fascista. Benito era chefe supremo do Estado e tinha várias funções ministeriais. O seu lema era: Crer, obedecer e combater.

Segunda guerra

Na Segunda Guerra Mundial, a sua aliança com Hitler permitiu que ele conquistasse parte da Lugoslávia. Só que ele foi derrotado na Grécia e na África, e a sua liderança foi acabada pelo Grande Conselho Fascista.

Benito Mussolini foi julgado e fuzilado em Mezzegra na Itália, juntamente com a sua amante, Claretta Petacci no ano de 1945. Os corpos dos dois foram para Milão e lá ficaram expostos na Praça Loreto, pendurados de cabeça para baixo.

Filhos

Benito Mussolini teve sete filhos: Romano, Edda, Bruno, Vittorio, Pino, Benito e Anna Maria.

Frases

  • “Não se pode colocar todos no mesmo nível. A igualdade é antinatural e anti-histórica.”
  • “Silêncio é a única resposta que deves dar aos tolos. Porque onde a ignorância fala a inteligência não dá palpites.”
  • “Somente um país inferior, ordinário, insignificante, pode ser democrático. Um povo forte e heroico tende para a aristocracia.”
Biografia de Benito Mussolini
3.3 (66.67%) 3 votes

Leave a Reply